Gilmar vota contra homologação de delação da JBS

Os outros sete ministros que já votaram se manifestaram pela competência de Fachin homologar o acordo

Brasília – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), divergiu da maioria dos ministros da corte nesta quarta-feira e votou no sentido de que acordos de delação premiada não podem ser homologados monocraticamente pelo relator de caso, mas sim por um órgão colegiado do tribunal.

Durante julgamento da homologação do acordo de delação de executivos da J&F, holding que controla a JBS, Mendes, o oitavo a votar no caso, disse que a Procuradoria-Geral da República não respeitou a legislação ao firmar acordos de delação no âmbito da operação Lava Jato.

Os outros sete ministros que já votaram se manifestaram pela competência de Fachin homologar o acordo e pela possibilidade de revisão da delação somente na sentença.

Mendes ainda vota sobre a possibilidade de revisão dos termos do acordo, mas já disse no início de seu voto entender que o Supremo pode rever as delações.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O câncer do STF

  2. Gilmar ,vc nao merece nehum respeito do povo Brasileiro..Sua visao do judiciario é de imperador e vassalos.

  3. José A. K. Joch

    O Ministro Gilmar perdeu os escrúpulos e está descaradamente sabotando a operação Lava Jato para garantir impunidade aos corruptos poderosos. Não se envergonha de ter conspirado em um jantar com um indiciado que estará possivelmente sendo julgado por ele nos próximos meses. Ainda declara que é “normal”. Uma vergonha!

  4. sebastiãorebello

    Esse é um ministro do STF que sempre vai de encontro a legalidade. Amioria dos ministros são pela homologação da delação premiada

  5. Francisco Paulo Lemos Della Zuana

    Pena de morte para Gilmar Mendes, Rena Calheiros, Aécio Neves, Luis Inácio, Temer Lulia, os Melos o senador e o juiz, Sarney, Cunha, Joesley e tantos outros…… Quando as grandes instituições do país apodrecem como é o nosso caso atual, onde o executivo está pútrido, fede mesmo, corrompido, desregrado, amoral, aético destruindo o povo e a nação o legislativo me parece ter sido sempre assim e o judiciário pior ainda não há mais que se falar em respeito às instituições só um ruptura brutal com a queda do executivo, o fechamento do legislativo e a destituição dos poderosos do judiciários pode nos resgatar as esperanças, com a cassação e prisão dos bandidos empoleirados lá e com a devolução da rapinagem deles aos cofres públicos, convocação de novas eleições mas com a grande maioria desses cafajestes, genocidas, usurpadores da vida e da esperança de todo um povo sem direitos políticos e presos, só assim e depois com uma constituinte que gere sim uma carta magna sem os absurdos dessa carta diria mínima, populista e ridícula redigida por um bando de desvairados posso o Brasil ressurgir como uma fênix maviosa desse urubu brasiu em que transformaram a nós e a Mátria amada.

  6. Francisco Paulo Lemos Della Zuana

    Juiz Federal Marcelo Bretas prendeu na Lava Jato parte da máfia dos ônibus do Rio. Entre 9 mandados de prisão, foram presos o presidente da FETRANSPOR e o ex-presidente do DETRO/RJ.

    O filho de Jacob Barata, chefe da máfia, conhecido como “Rei do Ônibus” no Rio, Jacob Barata Filho foi preso ontem à noite no Galeão, tentando fugir.

    Sabe quem é padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Filho?
    blob:https://web.whatsapp.com/5bd6264c-e036-4955-8692-5815a86293b2 Ele mesmo GILMAR LADRÃO MENTES