Genoino necessita de cuidado médico constante, diz IML

Instituto Médico Legal atestou em laudo que o ex-presidente do PT tem doença grave e precisa de cuidados específicos e regulares

Brasília – O Instituto Médico Legal (IML) atestou em laudo que o ex-presidente do PT José Genoino tem doença grave e precisa de cuidados específicos e regulares. Em três páginas, o laudo diz que o “paciente com doença grave, crônica e agudizada, que necessita de cuidados específicos, medicamentosos e gerais”.

O documento afirma que Genoino precisa de controle periódico por exame de sangue e de uma dieta regulada que contenha pouco sal – e que seja adequada aos seus medicamentos. De acordo com o laudo, Genoino precisa ainda de avaliação médica cardiológica especializada constante e de administração de medicação específica.

Na tarde desta terça-feira, 19, o petista, que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, foi submetido a uma perícia para atestar seu estado de saúde. A intenção de sua defesa é atestar que, em função da sua saúde, ele não pode cumprir sua pena de quatro anos e oito meses em regime semiaberto, e sim, domiciliar.

O laudo não se posiciona sobre Genoino poder ou não cumprir sua pena na cadeia. Os médicos do IML relataram a cirurgia a qual o ex-dirigente petista se submeteu em julho deste ano para corrigir uma lesão em uma das artérias do coração.