Fotos: Coronavírus esvazia ruas de SP e Rio e cria cenários-fantasma

Pontos turísticos vazios, comércios fechados e redução do fluxo de pessoas são consequências das medidas adotadas para conter o coronavírus; veja fotos

Com o avanço do surto de coronavírus no Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, os dois estados com maior número de infectados, estão adotando medidas para conter a doença. Pontos turísticos vazios, comércios fechados e redução do fluxo de pessoas são consequências de algumas medidas adotadas pelas autoridades nos últimos dias.

De acordo com o balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 20, 904 casos foram confirmados e 11 pessoas já morreram. As vítimas fatais são de São Paulo e do Rio de Janeiro e tinham mais de 60 anos, se enquadrando no grupo de risco da Covid-19.

O governador de São Paulo, João Doria, recomendou nesta quarta-feira, 18, o fechamento de shoppings center e academias da região metropolitana. Além disso, as aulas nas escolas públicas e privadas foram suspensas. 

O Rio de Janeiro decretou situação de emergência na terça-feira, 17, e determinou, entre outras medidas, a suspensão por 15 dias da circulação de linhas de ônibus interestaduais com origem em estados que estejam com o contágio comunitário do vírus confirmado ou com a situação de emergência decretada, como é o caso de São Paulo.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus: