FMI vê expansão de 4,5% do Brasil este ano, inflação preocupa

Fundo prevê, também, 4,1% de crescimento econômico em 2012

Cidade do México – Pressões de alta sobre os preços na maior parte da América Latina colocam um desafio para o robusto crescimento econômico da região, embora o México pareça estar a salvo da ameaça inflacionária por ora, disse na segunda-feira o Fundo Monetário Internacional.

Para o Brasil, o FMI prevê uma expansão econômica de 4,5 por cento este ano e de 4,1 por cento em 2012, segundo o relatório Perspectiva Econômica Mundial.