Firjan lamenta saída de Maria Silvia do BNDES

A Firjan ressaltou que a executiva empenhou seu papel à frente da Presidência do BNDES "com competência e seriedade"

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) lamentou o pedido de demissão da presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques.

Maria Silvia renunciou ao cargo nesta sexta-feira, 26, após reunir-se no início da tarde com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília.

O diretor de operações indiretas do banco de fomento, Ricardo Ramos, exercerá interinamente a presidência em seu lugar.

A executiva anunciou seu desligamento do BNDES em comunicado interno distribuído aos funcionários.

Em nota, a Firjan ressaltou que Maria Silvia empenhou seu papel à frente da Presidência do BNDES “com competência e seriedade”.

“A instituição precisa continuar exercendo seu papel relevante para o desenvolvimento nacional”, completou o comunicado.