Fico triste com o azedume em relação à Copa, diz Lula

Petista brincou que latino-americanos precisam acreditar mais neles próprios e que, apesar das críticas, a América do Sul é detentora do maior número de títulos

São Paulo – A dois dias do inicio da Copa do Mundo no país, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira, 10, em São Paulo, que fica triste com as críticas com relação à realização do mundial no Brasil.

“Fico triste com o azedume das pessoas com relação à Copa do Mundo”, disse o ex-presidente petista, em discurso realizado no encerramento do Fórum América Latina e Caribe Global.

Bem-humorado, o petista brincou que os latino-americanos precisam acreditar mais neles próprios e que a despeito das críticas, a América do Sul é detentora do maior número de títulos, citando os cinco conquistados pelo Brasil e dizendo torcer para o hexacampeonato nesta Copa no País.

E brincou: “Argentina, não se meta a levar a nossa Copa.”

E frisou que não se pode ter complexo de vira-latas, é preciso acreditar no povo latino-americano.

Além de falar de futebol, Lula lembrou o imbróglio que o Brasil teve com a Bolívia por causa do gás, em sua gestão. Segundo ele, muita gente, na época queria que ele brigasse com o presidente Evo Morales.

“Muita gente achava que eu tinha que ser duro com a Bolívia. Não imaginava um metalúrgico de São Bernardo do Campo brigando com um índio da Bolívia. Se eu não briguei nem com o Bush (ex-presidente EUA), não iria brigar com o Evo Morales.”

Lula falou também que depois da crise de 2008, o País mostrou que está mais preparado para resolver a crise.

Empreendedores

Lula ainda afirmou que se os empresários não estiverem envolvidos nos projetos de desenvolvimento, “a coisa não acontece.”

E frisou: “Temos de despertar o espírito animal dos empreendedores da América do Sul para fazer mais investimentos”.

O encerramento do Fórum contou com a participação também do prefeito da capital, Fernando Haddad (PT).