Feridos em explosão de gasômetro da Usiminas tiveram alta hospitalar

A siderúrgica mineira afirma que investiga as causas do ocorrido por equipes técnicas, com o apoio de autoridades competentes

São Paulo – Todos os 34 feridos na explosão no gasômetro na usina de Ipatinga da Usiminas nesta sexta-feira (10) já tiveram alta hospitalar, informou hoje a empresa. A siderúrgica mineira afirma que investiga as causas do ocorrido por equipes técnicas, com o apoio de autoridades competentes. A empresa destaca que não sabe quando sua operação retomará a plena carga. No entanto, a empresa relatou que continua com o plano de retomada gradual de suas atividades.

A Usiminas disse, ainda, que realizou, com o apoio das autoridades públicas, um monitoramento da presença de gases na comunidade e que “não há registro de anormalidades, nem risco para a população”.

“Algumas áreas sem conexão com o setor afetado pela ocorrência, como Despacho, Laminação a Frio e Unigal, estão reiniciando suas atividades”, explicou a empresa no comunicado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s