Fechado há mais de 5 horas, Santos Dumont tem filas longas

O aeroporto está fechado desde 10h28min por causa de forte nevoeiro e nove aviões tiveram que pousar no Galeão

Rio de Janeiro – As filas nos guichês do Aeroporto Santos Dumont, no Rio, estão lotadas de passageiros que tentam remarcar seus voos. O aeroporto está fechado desde 10h28 por causa de forte nevoeiro. Às 15h45, o painel da Infraero informava que havia 16 voos atrasados, 15 cancelados e dois alternados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Galeão, zona norte. Nove aviões com destino ao Santos Dumont tiveram de pousar no Galeão.

A jornalista Patrícia Basilio, de 28 anos, tinha viagem marcada para São Paulo às 11h50 e conseguiu remarcar para as 16h45, pelo aplicativo de celular. Às 16h, foi avisada que o voo só partiria às 17h20. “As filas estavam enormes. Quem ficou no guichê só conseguiu remarcar para o fim do dia ou para amanhã. Eu remarquei pelo celular, e troquei de aeroporto por conta própria”, contou ela.

O estudante de direito Felipe Conrado, de 18 anos, viajou ao Rio com um grupo de colegas da faculdade para participar de um seminário e tentava voltar para São Paulo a tempo para o show do britânico Ed Sheeran, marcado para começar às 20h. Ele e os amigos chegaram a cogitar alugar um carro, para não perderem os ingressos.

Quando foram avisados, já no setor de embarque, sobre o cancelamento do voo, eles se dividiram: um grupo foi buscar as malas, já despachadas; o outro foi para o guichê, e conseguiu remarcar a viagem para a tarde. “Tenho amigas que voltariam de Azul e vão perder o show. Primeiro, remarcaram o voo delas para Curitiba, para as 13h. Esse voo também foi cancelado e elas só conseguiram lugar no voo das21h”, contou Felipe. “Ninguém tem culpa do tempo, mas o problema é que abriram poucos guichês para o atendimento do público.”