Família Campos aguardará restos mortais em base aérea

O velório de Eduardo Campos e os assessores ocorrerá durante todo o dia de amanhã e terá uma missa campal para um público estimado de 150 mil pessoas

Recife – A família do candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos, acaba de deixar a casa onde vivem na periferia de Recife com destino à base aérea onde está prevista a chegada do avião da FAB trazendo os restos mortais das vítimas da tragédia aérea que vitimou o candidato. O avião que transportava Campos e assessores caiu na quarta-feira passada em Santos, no litoral paulista.

A viúva Renata Campos seguiu rumo à base aérea acompanhada dos cinco filhos e da vice de chapa, Marina Silva. Os quatro filhos mais velhos vestiam uma camisa amarela com os dizeres, em verde, “Não vamos desistir do Brasil”.

Essa foi a última frase dita pelo presidenciável em entrevista concedida ao Jornal Nacional na última terça-feira, véspera de sua morte, e que deve se tornar o lema do PSB. Elas não falaram com a imprensa.

A previsão é de que o avião chegue à base aérea entre 23h e meia noite de hoje. Da base aérea, o caixão de Eduardo Campos seguirá em carro do Corpo de Bombeiros pelas ruas de Recife e seguirá até o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual.

O velório de Eduardo Campos e os assessores ocorrerá durante todo o dia de amanhã e terá uma missa campal para um público estimado de 150 mil pessoas.