Expectativa de vida do brasileiro sobe para 75,8 anos, diz IBGE

A expectativa do brasileiro ao nascer aumentou cerca de três meses em relação ao ano anterior

São Paulo – A expectativa de vida do brasileiro ao nascer aumentou cerca de três meses em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Tábula de Mortalidade, que o IBGE divulga anualmente, a esperança de vida passou de 75,5 anos em 2015 para 75,8 anos em 2016.

Entre os estados brasileiros, a maior expectativa de vida foi observada em Santa Catarina, 79,1 anos, seguido por Espírito Santo, Distrito Federal e São Paulo, todos com valores acima de 78 anos de idade. 

Já a menor esperança de vida foi encontrada no Maranhão, 70,6 anos. Piauí, Rondônia, Roraima, Alagoas e Amazonas também apresentaram expectativas de vida abaixo de 72 anos. 

Ainda segundo o levantamento, a expectativa de vida do brasileiro vem aumentando ao longo do tempo. Em 1940, por exemplo, esse valor era de 45,5 anos, sendo 42,9 para homens e 48,3 anos para mulheres – um aumento de 30,3 anos em relação a 2016. 

Veja a evolução da expectativa do brasileiro ao nascer (em anos)

 (IBGE/Reprodução)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. eduardo puschel

    Muito legal, mas qual é conceito utilizado para essa análise? Só doenças? E as pessoas que morrem em acidentes de carro, assassinatos, acidentes de trabalho, isso entra nessa conta? Sabemos que morre mais gente aqui em tempos de paz do que na Síria que está em constante conflito armado.

  2. thais lima rocha

    Expectativa de vida é o que se espera que viva, não é o que de fato vivem os brasileiros.
    Esse aumento se deu devido aos investimentos em educação, saude, bolsa familia do governo passado. O governo Temer praticamente destriu o SUS, acabou com o famacia popular, e diminuiu investimentos em educação, tirou grana da merenda escolar e do bolsa familia, alem de PERTIMITIR AGROTOXICOS proibidos em varios países e multiplicar a quantidade de agrotóxicos permitida nos alimentos. Crianças atualmente já tem varios problemas de adultos por causa da alimentaçao: obsidade, diabetes, pressão alta, intolerâncias a gluten , lactose, alergias alimentares em geral.

  3. thais lima rocha

    É Golpe.