Executivo do Facebook preso no Brasil será solto nesta manhã

Segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior

São Paulo – O vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, deve ser solto nesta quarta-feira após passar cerca de 24 horas preso em São Paulo por não obedecer uma ordem judicial que solicitava informações à empresa, informou um assessor do Tribunal de Justiça de Sergipe.

Segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior que havia resultado na prisão do executivo.