Executiva prorroga mandato de Jucá na presidência do MDB

Na reunião da Executiva, os dirigentes também deliberaram sobre a divisão do fundo eleitoral para as campanhas para deputado federal e senador

Brasília – A Executiva Nacional do MDB acaba de prorrogar por mais um ano o mandato da direção nacional do partido, o que inclui a permanência do senador Romero Jucá (RR) à frente da sigla.

Na reunião da Executiva, os dirigentes também deliberaram sobre a divisão do fundo eleitoral para as campanhas para deputado federal e senador.

Além dos dirigentes do partido, participaram da reunião os ministros Carlos Marun (Secretaria de Governo), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Leonardo Picciani (Esportes).

Na saída, Marun repetiu que o presidente Michel Temer não pretende disputar a reeleição neste ano e o que existe hoje são especulações e manifestações de desejo para que ele entre no pleito. “O presidente continua com a mesma posição de não querer disputar as eleições.”

O ministro negou que as conversas em torno de uma possível candidatura de Temer prejudiquem a governabilidade e que hoje a base já tem nomes colocados para a campanha presidencial, que são o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD).

“Temos de ter juízo suficiente para caminharmos juntos nas próximas eleições. Se caminharmos juntos, as chances de vitória são muito grandes”, declarou.