Ex-ministro Juca Ferreira assume Secretaria da Cultura de BH

Em um primeiro momento, o ex-ministro será presidente da Fundação Municipal de Cultura, órgão que terá status de secretaria

São Paulo – Ex-ministro da Cultura nas gestões dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o sociólogo Juca Ferreira (PT) vai ser o novo secretário de Cultura de Belo Horizonte.

O convite foi oficializado pelo prefeito Alexandre Kalil (PHS) pelas redes sociais.

Ferreira teve duas passagens pelo Ministério da Cultura: entre 2008 e 2010 e entre 2015 e 2016.

Nessa segunda, veio a público seu embate com a ex-chefe da pasta, a senadora Marta Suplicy (PMDB), que o acusou de má gestão.

O ex-ministro vai assumir o cargo em 19 de junho.

Em um primeiro momento, ele será presidente da Fundação Municipal de Cultura, órgão que terá status de secretaria após a aprovação em segundo turno na Câmara da reforma administrativa na Prefeitura de Belo Horizonte.

Os vereadores devem votar a matéria ainda este mês.

Além do corte de cargos comissionados e a tentativa de economizar R$ 30 milhões por ano, a ideia de Kalil é acomodar os aliados de esquerda, que estavam insatisfeitos com o espaço no governo municipal.

Um dos símbolos da onda de prefeitos-gestores, Kalil venceu a eleição do ano passado com apoio velado do Palácio da Liberdade, comandado pelo governador Fernando Pimentel (PT).

Desde a posse, no entanto, tem enfrentado conflitos no gabinete entre as alas ligadas ao PT e as próximas do PSDB.