EUA pedem para quem viajar ao Brasil estocar água e itens domésticos

Alerta de segurança americano recomenda que viajantes chequem as condições de trânsito antes de viajar, contatem empresas aéreas para confirmar voos

Os impactos da paralisação dos caminhoneiros nas rodovias brasileiras chegaram aos Estados Unidos. O Departamento de Estado norte-americano emitiu hoje (24) um alerta de segurança em que recomenda a quem viajar para o Brasil estocar água e itens de uso domésticos.

A nota também recomenda, entre outras ações, que viajantes chequem as condições de trânsito antes de viajar, contatem empresas aéreas para confirmar voos e revisem seus planos pessoais de segurança.

Equivalente ao Ministério das Relações Exteriores no Brasil, o Departamento de Estado dos Estados Unidos, usou o Twitter para transmitir a mensagem: “[Viajantes] considerem adotar medidas para garantir estoque adequado de itens para uso doméstico e água e conservar combustível para veículos nesse período”.

O comunicado diz que a greve dos caminhoneiros está interrompendo a distribuição normal de combustível e de bens em todo o país e destaca que cidades do interior do Brasil, em locais mais distantes de refinarias e de centros de distribuição de comida, devem sofrer mais impacto do que outras. “Uma vez resolvida [a paralisação], pode demorar algum tempo para que os suprimentos retornem a níveis normais – especialmente em cidades mais distantes de centros de distribuição de comida e de combustível”, diz o texto.

O departamento também cita que o governo do Brasil está mantendo reuniões com os caminhoneiros para solucionar o impasse.

Veja também