Estudantes visitam a UnB pela primeira vez na Flaac

Para a maioria dos estudantes, foi a primeira vez em uma universidade pública e uma conversa com um reitor

Brasília – Um grupo de aproximadamente 400 estudantes da rede pública de Planaltina, nos arredores de Brasília, foi recebido hoje (25) pelo reitor da Universidade de Brasília (UnB), José Geraldo, e seus decanos. Para a maioria dos estudantes, foi a primeira vez em uma universidade pública e uma conversa com um reitor. Ao final da visita, os alunos demonstraram entusiasmo com a vida universitária.

O reitor e os decanos deram boas-vindas aos alunos que participam do Festival Latino-Americano e Africano de Arte e Cultura (Flaac 2012). O festival acaba no próximo sábado (27). O decano de Ensino de Graduação, José Américo Soares Garcia, disse à Agência Brasil que com a nova Lei de Cotas, que obriga a destinação de metade das vagas das universidades federais para alunos da rede pública, aumentou o interesse desses estudantes pelo ensino superior.

“O número de alunos interessados duplicou do ano passado para cá”, observou Garcia, lembrando que a universidade deve ser parceira do ensino público, inclusive estimulando os estudantes a seguir na carreira de professores.

Os alunos do Centro Educacional de Tabatinga, localizado na área rural de Planaltina, ficaram entusiasmados com a visita à UnB. “É a minha primeira vez aqui”, disse a aluna Natália Cziseski, de 19 anos, que cursa o terceiro ano. Foi a primeira vez também de seu colega Walisson de Oliveira, de 17 anos. “Eu quero conhecer mais a UnB. Só conhecia pelo que as pessoas falavam.”

Os estudantes participaram ainda do workshop Percurso dos Sentidos: uma performance interativa multi-sensorial. Nele, os alunos fizeram um exercício de sapateado com Sergio Souto, maestro e professor de música e dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Ainda hoje, no espaço África – Anísio Teixeira, o maestro se apresenta com o coral Vozes Reveladas. “Mas não é um coral ortodoxo, nós dançamos em cima do palco”, contou Sergio.

A revista Darcy, publicada pela UnB, foi distribuída aos estudantes como forma de estimular o conhecimento em várias áreas de estudo. A publicação reúne reportagens de ciências à cultura. Uma delas, por exemplo, apresenta Paulo Portela, um dos responsáveis pela elaboração dos exames vestibulares, orientando os estudantes a entender e interpretar os conceitos, não apenas decorar as matérias.