Estudantes desocupam reitoria da USP Leste

Por volta de 5h, oficiais da Tropa de Choque acompanharam um oficial de justiça à universidade para cumprir a liminar que determinava a reintegração de posse

São Paulo – Estudantes que ocupavam a reitoria da USP Leste desde o dia 2 deixaram o local na manhã deste sábado, 19. Por volta de 5h, oficiais de dois batalhões da Tropa de Choque acompanharam um oficial de justiça à universidade para cumprir a liminar que determinava a reintegração de posse do prédio, expedida no dia 10. Segundo a Polícia Militar, 31 pessoas ocupavam a reitoria. Todas saíram pacificamente e não houve prisões. Os policiais ainda estão no local para averiguar as condições do prédio.

Os estudantes protestam contra o critério de eleições para reitor da USP. Outra demanda é a despoluição do campus, autuado em agosto pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), por descumprimento de exigências ambientais.

Nessa sexta, cerca de 120 estudantes bloquearam portões do câmpus Butantã, na zona oeste, onde o prédio da reitoria permanece ocupado. O grupo também pede eleições diretas para a cúpula da instituição.