Estivadores ocupam terminal e dois navios no Porto de Santos

Segundo sindicato, os trabalhadores protestam contra a contratação com vínculo empregatício

São Paulo – Estivadores ocuparam na noite de hoje (25) o terminal da Empresa Brasileira de Terminais Portuários (Embraport) no Porto de Santos e dois navios atracados.

Segundo o Sindicato dos Estivadores de Santos, São Vicente, Guarujá e Cubatão (Sindestiva), os trabalhadores protestam contra a contratação com vínculo empregatício. A companhia pretende adotar o modelo após receber decisão favorável da 1ª Vara do Trabalho de Santos sobre uma ação movida pelo sindicato.

O sindicato argumenta que a contratação vai beneficiar apenas uma pequena parte da categoria e deixar os demais sem trabalho. Por meio de nota, a Embraport defendeu a contratação com assinatura da Carteira de Trabalho.

“A nova Lei [dos Portos] prevê contratações com as vantagens e a segurança da CLT [Consolidação das Leis do Trabalho], além de outros benefícios a critério das empresas, extensivos inclusive às famílias dos trabalhadores, como vem oferecendo a Embraport, maior terminal privado de contêineres do país.”, diz o comunicado.

Os estivadores haviam ocupado o terminal da Embraport e um navio com a mesma reivindicação no dia 11 de julho.