Estelionatário que teve lucro de R$ 10 mi é preso no RJ

Jorge Baptista Rangel Filho é acusado de chefiar uma quadrilha de advogados que forjavam ações de indenização contra lojas e empresas

São Paulo – Jorge Baptista Rangel Filho, acusado de praticar o crime de estelionato, foi preso na quinta-feira, 23, por policiais da 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), no Rio de Janeiro.

Segundo os agentes, Jorge chefiava uma quadrilha de advogados que forjavam ações de indenização contra lojas e empresas, a partir de procurações falsas, obtendo lucros que podem chegar até R$ 10 milhões.

O Disque Denúncia oferecia R$ 2 mil de recompensa por informações que levassem a prisão do criminoso. Contra Jorge existia mandado de prisão preventiva expedido pela 31ª Vara Criminal.