Estagiárias do Senado são demitidas após foto no Facebook

Legenda de foto em que aparece rato diz “E a gente achou que o único problema aqui fosse o Renan Calheiros”

São Paulo – As duas estagiárias do Senado Federal que publicaram no Facebook uma foto de um rato que estaria no Senado foram demitidas. Elas associaram o bicho ao presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Elas escreveram na legenda da imagem: “E a gente achou que o único problema aqui fosse o Renan Calheiros”. Uma das estagiárias faz administração. A outra estudante cursa direito e é sobrinha do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa. Porém, o Senado não divulgou os nomes das garotas.

De acordo com o jornal Correio Braziliense, uma das jovens afirmou que a intenção da publicação na rede social foi protestar contra Calheiros. Ela também disse que o problema de ratos no ambiente de trabalho é inadmissível.

A ordem para as demissões partiu da secretaria de recursos humanos do Senado.  Em nota, a coordenação de comunicação do Senado também explica que as estagiárias são indisciplinadas e que, nos termos da lei, o estágio não cria vínculo empregatício de qualquer natureza entre o educando e a parte concedente. Por isso, o desligamento pode ser motivado a critério da Casa.

O comunicado também afirma que as estagiárias usaram ferramentas de trabalho, como o computador e a conexão com a internet do Senado durante o expediente para acessar o Facebook. Além disso, divulgaram conteúdo ofensivo.