Espaço aéreo das sedes da Copa será fechado durante partidas

Medida afetará os aeroportos de Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo

Brasília – A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta sexta-feira que o plano de segurança para a Copa do Mundo inclui o fechamento do espaço aéreo das 12 cidades sede durante as 64 partidas que serão disputadas entre os dias 11 de junho e 13 de julho.

Essa medida afetará todos os aeroportos de Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, explicou em entrevista coletiva o diretor da Anac, Marcelo Guaranys.

O fechamento do espaço aéreo estará em vigor uma hora antes do início dos jogos na respectiva cidade; será mantido durante as partidas, e só será suspenso até quatro horas após seu término, de acordo com cada caso.

Segundo a Anac, a decisão obrigará às companhias aéreas a cancelar ou reprogramar cerca de 800 voos, cujas passagens já tinham sido vendidas em quase 10%.

Guaranys comentou que, nesses casos, as linhas aéreas deverão transferir os passageiros que já adquiriram passagens a outros voos, pois “não se pode prejudicar os consumidores”.

O diretor da Anac acrescentou que os passageiros “poderão escolher o voo que melhor os atenda e as empresas terão que oferecê-lo, porque essa é sua função”.