Encontrada no MS menina sequestrada há 7 anos na Argentina

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul disse que localizou a menina graças a uma denúncia anônima que informou de maus-tratos à menor

São Paulo – Uma menor argentina de dez anos de idade foi encontrada pela polícia no estado de Mato Grosso do Sul sete anos após ter sido sequestrada por seu pai.

A menina foi encontrada em março na cidade de Dourados, mas a informação só chegou à imprensa hoje depois que as autoridades, após comprovar sua identidade, entregaram criança a representantes da embaixada argentina.

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul disse que localizou a menina graças a uma denúncia anônima que informou de maus-tratos à menor e que seu pai a mantinha em uma ”prisão privada”.

A criança, que passou os dois últimos meses em um abrigo infantil em Dourados, viajou hoje com representantes da embaixada argentina, que a entregarão à sua mãe, de origem boliviana.

A diplomata argentina María Seane de Chiodi declarou a jornalistas em Dourados que durante sua estadia no abrigo a menina recebeu assistência médica, psicológica e lingüística por parte da embaixada.

Após o resgate, o pai da menor, de nacionalidade paraguaia, esteve detido durante vários dias, mas fugiu do país com uma identidade falsa depois que a justiça lhe deu o benefício de responder em liberdade pelos crimes.

Um exame de DNA comprovou que a menor é a mesma que foi raptada em 2005 por seu pai na Argentina e que as autoridades desse país procuravam no Paraguai, país de origem do acusado.

O juiz da Infância e Juventude de Dourados, Zaloar Murat Martins, indicou que o homem impedia a menor de ir à escola e sair na rua com medo de serem reconhecidos.

”Nós não sabíamos a nacionalidade dela, mas descobrimos que havia morado com o pai no Paraguai, em Pedro Juan Caballero”, relatou o juiz.