Empresários da construção civil pedem aprovação de reformas

Os dirigentes do setor terão reuniões, em separado, com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Eunício Oliveira

Brasília – Empresários do setor da construção civil vão nesta quarta-feira, 24, em caravana ao Congresso Nacional para pedir a manutenção do calendário de votação das reformas ainda neste primeiro semestre.

Reunidos em Brasília para abertura nesta quarta do Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), os dirigentes do setor terão reuniões, em separado, com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Segundo o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (Cbic), José Carlos Martins, os empresários estão muito preocupados com o quadro político e convencidos de que, sem aprovação das reformas, há risco da volta da recessão.

A leitura do setor é de que os sinais de reação no primeiro trimestre da economia podem ser interrompidos, se a agenda econômica não prosseguir.

“Vamos levar a mensagem que o Congresso precisa continuar as reformas. Não aguentamos mais”, disse Martins ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

O presidente Michel Temer iria na abertura do Enic, mas cancelou. O presidente da Cbic vai levar para Temer, às 16 horas, a agenda do setor, que ainda não conseguiu recuperar o emprego.

A reunião com o presidente do Senado está marcada para o início da tarde e com Rodrigo Maia, para o fim da tarde, às 17 horas.