Em SP, greve da CPTM faz Metrô adiar integração

A ligação entre a Linha 4 - Amarela e a Linha 9 - Esmeralda, na estação Pinheiros, foi adiada por greve de funcionários dos trens

São Paulo – Programada para ter início hoje, a transferência gratuita entre a estação Pinheiros da Linha 9 – Esmeralda (Osasco – Grajaú), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e a estação Pinheiros da Linha 4 – Amarela, da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), foi adiada por conta da greve de funcionários da CPTM que impedem o funcionamento de todas as estações de trem. A iniciativa será feita quando os funcionários da companhia voltarem ao trabalho. A estação Pinheiros do Metrô funciona das 4h40 às 15 horas, de segunda a sexta-feira. Segundo o Metrô, a estação está aberta.

A integração entre as duas estações vai beneficiar cerca de 100 mil pessoas que utilizam o sistema metroferroviário de São Paulo com as linhas 9 – Esmeralda e 4 – Amarela, ainda mais a partir de 30 de junho próximo, quando o horário comercial da Linha Amarela será expandido das 4h40 à meia-noite, de segunda a sexta-feira.