Em Rio Grande do Norte, Dilma erra estados e se refere a RS

A gafe aconteceu em evento com prefeitos potiguares; esta é a terceira vez que presidente confunde nomes de estados

São Paulo – A presidente Dilma Rousseff passou por uma saia justa ontem, ao se referir ao estado do Rio Grande do Norte como Rio Grande do Sul. A troca aconteceu em evento na capital potiguar, quando cumprimentava o presidente da Central Única dos Trabalhadores do RN e o chamou de “presidente da CUT do Rio Grande do Sul”. O erro gerou desconforto e comentários na plateia de prefeitos do estado nordestino.

Dilma Rousseff se corrigiu imediatamente e afirmou que era, acima de tudo, brasileira, já que nasceu em Minas Gerais, mas passou boa parte da vida no Rio Grande do Sul. “Vocês me desculpem, é porque fui batizada recentemente”, brincou a presidente, fazendo alusão ao discurso da governadora do RN, Rosalba Ciarlini (DEM), que por três vezes a chamou de “potiguar” em seu discurso.

Essa não é a primeira vez que a presidente se confunde com a geografia do Brasil. Em 2009, quando estava em Roraima, misturou os estados e acabou parabenizando Rondônia pelo rápido desenvolvimento. Ela também já trocou Mato Grosso do Sul com Mato Grosso e, na ocasião, foi corrigida pela plateia.

Dilma estava em Natal para entregar máquinas retroescavadeiras e motoniveladoras a 149 prefeituras do estado. As máquinas fazem parte do investimento para fortalecer as cidades no combate aos efeitos da seca.