Em MG, Pimentel pode vencer em 1º turno, diz Datafolha

Segundo levantamento, petista tem 45% da preferência do eleitorado mineiro

Belo Horizonte – Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 2, com as intenções de voto para o governo de Minas Gerais mostrou possibilidade de o ex-ministro Fernando Pimentel (PT) vencer o pleito em primeiro turno.

Segundo o instituto, o petista tem 45% da preferência do eleitorado, contra 27% de seu principal adversário, o também ex-ministro Pimenta da Veiga (PSDB).

Em terceiro lugar aparece o ex-prefeito Tarcísio Delgado (PSB), com 3% das intenções de voto, seguido por Fidélis (PSOL) e Eduardo Ferreira, com 2% cada, e Professor Túlio Lopes (PCB), com 1%. Cleide Donária (PCO) não atingiu 1%.

De acordo com a pesquisa, que tem margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos, 10% dos eleitores votarão em branco ou nulo e 12% estão indecisos ou não responderam.

O resultado representa um crescimento de nove pontos de Pimentel em relação ao último levantamento, enquanto Pimenta oscilou positivamente dois pontos.

Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 26, o petista aparecia com 36% das intenções de voto, enquanto o tucano foi apontado como preferido por 25% dos pesquisados e Tarcísio Delgado tinha os mesmos 3%.

Na ocasião, 9% dos pesquisados declarou voto branco ou nulo e 21% não sabiam em quem votariam ou não responderam.

A pesquisa também analisou a possibilidade de um segundo turno entre Pimentel e Pimenta. Neste caso, o petista venceria com 51% dos votos, contra 32% do tucano.

De acordo com o Datafolha, os votos em branco ou nulos somam 9% dos pesquisados e os indecisos ou que não informaram, 8%.

Para o levantamento foram consultados 1.474 eleitores no dia 1º e ontem. A pesquisa, realizada em parceria entre a TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MG-00173/2014.