Em Cuba, Pelé expressa apoio à reeleição de Blatter na Fifa

"Eu era a favor. Era preciso porque é melhor ter gente com experiência", explicou logo após chegar a Havan

Havana – Pelé mostrou seu apoio à reeleição de Joseph Blatter como presidente da Fifa em sua chegada na noite deste domingo a Havana, junto com seu ex-clube, o Cosmos de Nova York, que jogará na terça-feira um amistoso histórico com a seleção nacional de Cuba.

Perguntado pelos jornalistas logo após aterrissar no aeroporto de Havana, o ex-jogador disse que lhe parece “perfeito” que Blatter tenha conseguido renovar na sexta-feira passada seu cargo à frente da Fifa no meio dos escândalos de corrupção que surgiram no seio da organização.

“Eu era a favor. Era preciso porque é melhor ter gente com experiência”, explicou logo após chegar a Havana como convidado de seu ex-clube, o Cosmos.

O Cosmos é a primeira equipe profissional dos Estados Unidos em território cubano desde que em 28 de março de 1999 o Baltimore Orioles, do beisebol, jogou contra o time nacional da ilha, jogo que será repetido este ano.

Sobre o amistoso, Pelé assinalou que será “um momento de paz e de confraternização”, para “levar paz e alegria ao povo de Cuba através do futebol”.

A partida entre Cosmos e Cuba será carregado de simbolismo já que acontece no atual contexto de relaxamento das relações entre Cuba e EUA, que estão restabelecendo suas relações diplomáticas depois de mais de 50 anos de inimizade.