É falso que Bolsonaro saiu na capa da Time como personalidade do ano

O presidente eleito, na verdade, foi citado pela reportagem como "populista reacionário que ataca os principais meios de comunicação"

São Paulo — Uma imagem da capa da revista Time está circulando pelas redes sociais afirmando que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi escolhido “Pessoa do Ano” pelo veículo norte-americano. A informação, no entanto, é falsa.

Neste ano, jornalistas mortos e presos foram os homenageados pela publicação, entre eles jornalista saudita Jamal Khashoggi, assassinado no consulado de seu país em Istambul, e outros três repórteres e um meio de comunicação. Eles foram eleitos como Os “Guardiões na Guerra Pela Verdade”.

O prêmio, outorgado anualmente desde 1927, “reconhece a pessoa ou grupo de pessoas que mais influenciaram as notícias e o mundo – para bem ou para mal – durante o ano”.

Bolsonaro não é escolhido pela revista Time

 

Bolsonaro, chegou a integrar a enquete da revista sobre os nomes que deveriam estar entre os finalistas da homenagem, mas não figura entre os dez escolhidos.

A enquete serve de consulta para a revista ver os nomes que estão entre a preferência do público, mas a escolha final é feita somente pelos editores.

Bolsonaro é citado pela revista

O presidente eleito foi citado pela reportagem da Time, que o chamou de “populista reacionário que ataca os principais meios de comunicação”.

Além disso, o assédio contra a repórter do jornal Folha de S.Paulo, Patricia Campos Mello, que descobriu sobre financiamentos de empresas para a campanha de Bolsonaro, foi citado na publicação.