Doria sobre 2º turno: “não escolho candidato, disputo e venço”

Ao votar em uma escola da zona oeste da capital paulista, o candidato ao governo declarou que não tem preferência de adversário para o segundo turno

São Paulo – O candidato do PSDB ao governo do Estado, João Doria Jr, votou na manhã deste domingo, 7, em uma escola da Zona Oeste da capital paulista. Cercado de correligionários, ele declarou que não tem preferência de adversário para o segundo turno.

“Eu não escolho candidato, eu disputo e venço candidato”, declarou.

Doria chegou ao Colégio Saint Paul’s, no Jardim Paulistano, acompanhado do candidato ao Senado pelo PSDB, Ricardo Trípoli, do candidato a vice, Rodrigo Garcia, e do prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Estavam presentes aindaa tambémcandidataao Senado pelo PSDB, Mara Gabrilli e o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab.

Na porta do colégio, o aguardavam eleitores com adesivos da sua campanha ao governo. A maioria usava na roupa também adesivos do candidato à presidência do PSDB, Geraldo Alckmin, mas havia apoiadores de Doria que mostravam apoio ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

Doria disse que este domingo é o dia de votar com “a razão e o coração”. Questionado sobre seu voto para presidente, o candidato a governador reiterou apoio a Alckmin.

“Geraldo Alckmin é o candidato do meu partido. É meu voto solidário e consciente”, disse. Questionado sobre se ele próprio tinha usado a razão ou a emoção para votar em Alckmin, Doria disse: “razão, emoção, solidariedade e apoio”.