Doria e Russomanno lideram cenários para governo de SP

Políticos aparecem quase empatados na intenção de votos dos eleitores, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas

São Paulo – O prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) e o deputado federal Celso Russomanno (PRB) são os candidatos favoritos dos paulistas para o governo do estado na eleição deste ano, segundo um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira (27).

Nos cenários em que ambos participam da disputa, Doria tem cerca de 30% das intenções de voto dos habitantes do estado, e Russomanno cerca de 29%. A margem de erro da pesquisa é de aproximadamente 2%, segundo o instituto.

Sem Russomanno, a segunda melhor opção é o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), mas, nesse caso, Doria teria 39% dos votos dos eleitores e Skaf, 19%. Já num cenário sem Doria, Russomanno teria 37% dos votos e Skaf teria 18%.

Quando aparece, Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo, tem entre 9% e 13% das intenções de voto dos paulistas.

Apesar de apontarem Doria como favorito, os eleitores acreditam, em grande parte, que o estado perde com a renúncia do prefeito. 42,5% dos entrevistados responderam neste sentido; para 39%, o estado ganharia com a candidatura de Doria. 18,5% não sabiam ou não responderam.

Há uma pergunta específica sobre qual seria o candidato do PSDB com maior chance de ganhar o voto do eleitor. Doria aparece com 55,5% da preferência. Quando a mesma pergunta é aplicada ao PT, a resposta majoritária é “nenhum”, com 43%, seguida por Fernando Haddad, com 33%.

Em 2016, Doria e Russomanno se enfrentaram nas urnas, na disputa pela presidência de São Paulo. O deputado aparecia bem nas primeiras pesquisas, mas acabou em terceiro lugar na eleição, atrás de Doria e de Fernando Haddad.

Cenário 1:

Candidato Intenção
Não sabe 4,5%
Nenhum 13,7%
João Doria 30,1%
Celso Russomano 29,1%
Paulo Skaf 12,9%
Luiz Marinho 3,6%
Márcio França 2,5%
Rodrigo Garcia 1,9%
Carlos Giannazi 1,7%

Cenário 2:

Candidato Intenção
Não sabe 5,5%
Nenhum 19,6%
João Doria 39,8%
Paulo Skaf 19,1%
Luiz Marinho 5,5%
Rodrigo Garcia 4,9%
Márcio França 3,5%
Carlos Giannazi 2,1%

Cenário 3:

Candidato Intenção
Não sabe 4,0%
Nenhum 11,8%
João Doria 29,2%
Celso Russomanno 28,2%
Paulo Skaf 12,2%
Fernando Haddad 9,4%
Márcio França 2,2%
Rodrigo Garcia 1,8%
Carlos Giannazi 1,2%

Cenário 4:

Candidato Intenção
Não sabe 5,1%
Nenhum 17,5%
João Doria 37,3%
Paulo Skaf 17,5%
Fernando Haddad 13,4%
Rodrigo Garcia 4,5%
Márcio França 3,0%
Carlos Giannazi 1,7%

Cenário 5:

Candidato Intenção
Não sabe 5,1%
Nenhum 23,0%
Celso Russomanno 37,5%
Paulo Skaf 18,8%
Luiz Marinho 4,2%
Márcio França 4,0%
Luiz Felipe D’Ávila 2,8%
Rodrigo Garcia 2,5%
Carlos Giannazi 2,1%

Cenário 6:

Candidato Intenção
Não sabe 8,0%
Nenhum 34,6%
Paulo Skaf 30,6%
Luiz Marinho 7,3%
Rodrigo Garcia 7,2%
Márcio França 5,3%
Luiz Felipe D’Ávila 4,1%
Carlos Giannazi 2,9%

Cenário 7:

Candidato Intenção
Não sabe 5,3%
Nenhum 21,9%
Celso Russomanno 37,8%
Paulo Skaf 18,9%
Luiz Marinho 4,2%
Márcio França 4,0%
José Aníbal 3,5%
Rodrigo Garcia 2,4%
Carlos Giannazi 2,0%

Cenário 8:

Candidato Intenção
Não sabe 8,0%
Nenhum 33,9%
Paulo Skaf 30,8%
Luiz Marinho 7,2%
Rodrigo Garcia 7,0%
Márcio França 5,4%
José Aníbal 4,7%
Carlos Giannazi 3,0%

 

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Reginaldo Quadros

    Russomanno é cavalo paraguaio…..

  2. Antonio Munhoz

    Pergunto a você, prezado conterrâneo paulista: Com base em que, João Dória Jr é opção para o Governo do Estado? Quais são as melhorias feitas na cidade? OU melhor, quantos dias ele “prefeitou” durante seu mandato? PELO AMOR DE DEUS!