Doria diz que falou sobre Brasil e economia em jantar com DEM

O prefeito negou, no entanto, que tenha sido debatida a possibilidade de um desembarque do PSDB para concorrer à Presidência pelo DEM

São Paulo – O tema do jantar entre a cúpula do DEM e o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), realizado na quinta-feira, 21, na residência do tucano, ficou restrito a questões econômicas e de interesse nacional, disse nesta sexta-feira, 22, Doria.

“Foi um bom jantar, falamos sobre o País, também falamos sobre São Paulo, mas o principal ponto foi sobre a proteção da economia brasileira, recuperação dos empregos e ordenação do novo crescimento do País”, emendou.

O prefeito paulistano, inclusive, negou que tenha sido debatida a possibilidade de um desembarque do PSDB para concorrer à Presidência da República pelo DEM em 2018.

“Não falamos sobre a eleição no ano que vem.” Ainda assim, o prefeito se demonstrou feliz com a declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de que apoiaria a candidatura dele ao Palácio do Planalto. “Quem não ficaria feliz com um elogio desses?”, disse Doria.

A agenda de reformas da economia, em especial a da Previdência, voltou a ser defendida por Doria. “Agora que a economia começa a se recuperar e apresentar seus primeiros bons índices, nos reunimos para que possamos todos juntos proteger o Brasil, proteger as reformas, dar continuidade à reforma da Previdência.”

Segundo ele, o próprio presidente da Câmara, que participou do jantar da quinta, ainda acredita que a reforma previdenciária tem a possibilidade de ser colocada em pauta “ainda neste final de semestre”.

A relação com o DEM, de acordo com Doria, é muito boa, ainda que a base do governo esteja passando por um momento instável. “Temos uma relação de aliança muito forte. Na conversa de ontem, senti o DEM muito disposto a trabalhar unido”, declarou Doria.