Doria apresenta Frota à bancada do PSDB na Câmara

Migração para o partido foi convite do governador João Doria, mas o nome de Frota não é unanimidade no PSDB

Brasília — O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), está em Brasília nesta terça-feira, 20, para apresentar à bancada tucana na Câmara dos Deputados o mais novo filiado do partido, o deputado Alexandre Frota. A apresentação acontece na própria Câmara, onde os parlamentares estão reunidos.

Frota foi expulso do partido de Jair Bolsonaro, PSL, na semana passada.

Desde então, ele não tinha voltado à Câmara. Ele havia dito que só voltaria quando tivesse resolvido com qual partido seguiria seu mandato.

Na noite desta segunda, Alexandre Frota (PSDB-SP) criticou o que chamou de “ditadura bolsonariana” em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Segundo Frota, que apoiou o presidente durante a disputa eleitoral, não existe abertura ao diálogo e nem espaço para quem pensa diferente.

“Bolsonaro quer fazer as coisas do jeito dele, ouve muito pouco aqueles que querem se posicionar. E a gente tem que procurar um diálogo, ele não está aberto a isso, ele está aberto só para determinadas pessoas que ele acha que fazem parte do mundo dele” afirmou, citando que o presidente ouve o filho Carlos Bolsonaro vereador no Rio, o filósofo Olavo de Carvalho e o assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Filipe Martins

A ida de Alexandre Frota para o PSDB expôs ainda mais a divisão entre a chamada “velha-guarda” do partido e o governador João Doria.

Em ofício obtido que foi enviado ao diretório estadual paulista, o ex-senador José Aníbal e o ex-presidente estadual da sigla Pedro Tobias dizem que o pedido de filiação deve ser impugnado. De acordo com o texto, Frota “possui vasto histórico de hostilidades ao PSDB e suas mais emblemáticas lideranças, tendo deferido ofensas ao à época Presidente Nacional do partido e candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin.”