Doria anuncia pacote de benefícios para policiais e agentes penitenciários

Há duas semanas, ele chamou de "vagabundos" um grupo de PMs que protestavam contra ele num evento

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira, 30, um pacote de benefícios para policiais militares, civis e técnico-científicos, além de agentes penitenciários, que causará, de acordo com o governo do Estado, um impacto fiscal de R$ 1,5 bilhão no orçamento estadual em 2020.

O plano inclui um reajuste de 5% do salário-base dos policiais, ampliação do programa de bonificação e aumento do auxílio-alimentação e do adicional de insalubridade. A iniciativa de Doria tenta pacificar a relação com as corporações policiais.

Há duas semanas, ele chamou de “vagabundos” um grupo de PMs que protestavam contra ele num evento em Taubaté, no interior do Estado, a 120 quilômetros da capital paulista. A fala de Doria teve má repercussão junto aos policiais e foi explorada politicamente por deputados críticos ao governo e ligados aos agentes de Segurança Pública.

“Este é o primeiro movimento de um projeto de valorização salarial permanente dos policiais em São Paulo”, disse o governador de São Paulo, depois de destacar que o acréscimo salarial está pouco menos de 2% acima da inflação prevista para 2019.