Dívida da Eletrobras com a Petrobras chega a R$ 7,25 bilhões

Valor é referente ao fornecimento de diesel para a geração de energia nas térmicas da Região Norte

São Paulo – A Petrobras espera concluir ainda neste semestre as negociações para o pagamento das dívidas da Eletrobras referentes ao fornecimento de diesel para a geração de energia nas térmicas da Região Norte.

O valor já ultrapassa os R$ 7,25 bilhões. Para o diretor financeiro da petroleira, Almir Barbassa, o volume não compromete a rentabilidade da companhia.

O diretor comparou a situação a uma “caixa d’água”, em que a geração de novas dívidas com o fornecimento contínuo do combustível é maior que o pagamento dos débitos antigos.

De acordo com o executivo, a companhia já recebeu parte do valor devido e espera novo pagamento após a liberação de empréstimos à companhia – a Eletrobras vai receber R$ 6,5 bilhões do Banco do Brasil e da Caixa e, desse total, deve usar R$ 850 milhões para pagar parte da dívida com a petroleira.

Mas, de tudo que deve para a Petrobras, aproximadamente 85% já venceram. Além disso, a Petrobras também acumulava R$ 2,58 bilhões em recebíveis vencidos da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás). “Há a expectativa de solução dessa questão no decorrer deste trimestre, de forma que a Petrobras possa seguir o fornecimento que faz para o setor e sem precisar de capital de giro”, disse Barbassa.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.