Diretório nacional do PP tira poderes de Paulo Maluf

A direção nacional do partido decidiu anular a última convenção do diretório paulista e instalar uma comissão provisória em São Paulo

São Paulo – A direção nacional do PP decidiu anular a última convenção do diretório paulista e instalar uma comissão provisória em São Paulo.

Embora o deputado Paulo Maluf vá continuar como presidente, na prática a mudança significa o enfraquecimento de seus poderes, uma vez que qualquer decisão tomada pela comissão terá de passar pela direção nacional.

Com a medida, o PP pretende ter maior controle sobre as alianças no Estado em 2014 e iniciar um processo de retirada do poder decisório de Maluf, considerado pelo partido um entrave para o crescimento da sigla. O deputado não respondeu às ligações da reportagem.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.