Dilma fala dia 29; 500.000 para Marta…

Dia 29

O Senado agendou para o dia 29 a defesa final da presidente Dilma Rousseff. Ela confirmou nesta quarta-feira que irá pessoalmente ao plenário para falar por meia hora. O roteiro foi definido numa reunião entre Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal, e o presidente do Senado, Renan Calheiros. O processo começará no dia 25, uma quinta-feira, e se estenderá por cinco dias.

500.000 para Marta

A senadora Marta Suplicy, candidata à prefeitura de São Paulo pelo PMDB, recebeu 500.000 reais de caixa dois na campanha de 2010, segundo relataram em delação premiada executivos da construtora Odebrecht. A informação foi revelada pelo jornal Folha de S. Paulo. Marta, na época, estava no PT, mas depois abandonou a legenda sob a justificativa de estar cansada dos escândalos de corrupção do partido. A negociação teria sido feita com Márcio Toledo, atual marido da senadora. Marta afirmou que a Odebrecht não fez doação à sua campanha.

The hunt for Lula

O PT lançou uma cartilha para defesa internacional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em quatro idiomas — português, francês, inglês e espanhol. Trata-se de mais um capítulo da ofensiva internacional do partido. Em julho, Lula havia recorrido ao Comitê de Direitos Humanos da ONU contra o juiz federal Sergio Moro, acusando-o de violação de direitos. Agora a cartilha afirma que Lula é vítima de um tiro ao alvo judicial realizado por Moro e pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Coisa de bêbado

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes afirmou, durante a sessão desta quarta-feira, que a Lei da Ficha Limpa é tão mal escrita que “parece ter sido feita por bêbados”. O Supremo definiu que cabem às câmaras estaduais, e não aos tribunais de contas, decidir sobre as contas dos prefeitos e sobre sua eventual inelegibilidade. A decisão interfere na aplicação da lei, já que retira dos tribunais o poder de punir prefeitos com contas reprovadas.

Pedro Paulo limpo

Ainda no Supremo, o ministro Luiz Fux decidiu pelo arquivamento do inquérito contra o deputado federal e candidato do PMDB à prefeitura do Rio de Janeiro, Pedro Paulo, suspeito de agredir a ex-mulher. O pedido de arquivamento havia sido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que afirmou que as lesões corporais eram decorrentes de “atitude defensiva do investigado”. Pedro Paulo afirmou, em nota, que recebeu a decisão “com enorme satisfação”.

57o do mundo 

O Brasil tem a 57a maior velocidade de internet 3G e 4G do mundo, segundo uma pesquisa com 95 países divulgada nesta quarta-feira pela consultoria OpenSignal. A velocidade média no Brasil é de 7,43 Megabits por segundo. Perdemos para vizinhos como Chile, Colômbia, Peru e Uruguai. A campeã é a Coreia do Sul, com velocidade média de 41,34 Mbps. A média mundial é de 8,5 Mbps.