Dilma diz que pra ganhar Copa, é preciso passar por apertos

“Estou certa de que vamos ganhar. Para ganhar, às vezes é preciso passar por um zero a zero”, afirmou a presidente

Brasília – A presidente Dilma Rousseff comentou, hoje (18), o último jogo da seleção brasileira e disse que às vezes é preciso passar “por uns apertos” e “por um zero a zero” para depois ganhar.

Dilma demonstrou otimismo com a vitória do time brasileiro na Copa do Mundo. Ontem (17), o Brasil enfrentou o México, na Arena Castelão, em Fortaleza, e o jogo terminou empatado em 0 a 0.

“Estou certa de que vamos ganhar”. E completou “Ás vezes temos que passar por uns apertos. Para ganhar, às vezes é preciso passar por um zero a zero”, disse a jornalistas após participar da cerimônia de lançamento da segunda etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Na tarde de ontem, pouco antes do jogo da seleção brasileira, a presidente Dilma sobrevoou áreas atingidas por fortes chuvas nos estados do Paraná e de Santa Catarina e anunciou ações emergenciais.

Antes do início da Copa, do Mundo, a presidente enviou uma carta à seleção brasileira na qual registrou que o mundo sabe que os jogadores brasileiros são os melhores e que eles têm “alegria nas pernas, ginga no corpo e improviso desconcertante”. Ao fazer votos de que cada um deve jogar o que sabe, a presidente destacou que isso “é o suficiente para a vitória”.

Com o empate, o Brasil lidera o Grupo A, com quatro pontos. O México fica em segundo lugar, perdendo por um gol de saldo. Croácia e Camarões se enfrentam hoje, em Manaus.

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta Camarões, no dia 23, em Brasília. No mesmo dia, mexicanos e croatas se encontram na Arena Pernambuco.