Dilma chega à Turquia sob a sombra do terror em Paris

Presidente viajou para cúpula do G20, que acontece neste fim de semana

Antalya – A presidente Dilma Rousseff chegou neste sábado à Turquia para participar neste fim de semana na cúpula de chefes de Estado e governo do G20, uma reunião que acontecerá sob a sombra dos atentados terroristas de ontem à noite em Paris.

Dilma chegou ao aeroporto de Antalya, o principal centro turístico do país eurasiático, às 11h30 (horário local, 7h30 de Brasília), onde foi recebida por funcionários do governo turco.

A governante participará amanhã de manhã em uma cúpula de presidentes do chamado grupo Brics, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, que precederá a reunião geral do G20.

Perante a redução dos preços das matérias primeiras, estes cinco países emergentes defendem um equilíbrio nos preços que beneficie tanto a exportadores como importadores, sobretudo nos países industrializados.

O Brasil, um dos principais exportadores de setor agropecuário do mundo, antecipou que apresentará nesta cúpula uma proposta aos líderes do G20 para que os países ricos não aumentem seus subsídios domésticos e de exportação para produtos agrícolas.

Em todo caso, a cúpula de Antalya, aonde chegará hoje a maioria dos presidentes, com exceção do francês, François Hollande, ficou manchada pelos atentados terroristas na capital francesa de ontem à noite.

Pelo menos 120 pessoas morreram e 200 ficaram feridas, 80 delas em estado grave, em vários ataques realizados em Paris, com três explosões nas proximidades do Estádio da França, onde França e Alemanha disputavam um amistoso; a tomada de reféns em uma sala de espetáculos e tiroteios em vários restaurantes.