Dilma afirma que País deve olhar para si

Presidente voltou ao microblogue Twitter para falar sobre o Dia da Consciência Negra

São Paulo – Com presença cada vez mais frequente nas redes sociais da internet diante da aproximação das eleições de 2014, a presidente Dilma Rousseff voltou nesta quarta-feira, 20, ao microblogue Twitter para falar sobre o Dia da Consciência Negra, celebrado nesta quarta-feira, 20. “Hoje é comemorado o Dia da #ConscienciaNegra, dia de o Brasil olhar para si, rever o seu passado e discutir o seu futuro”, foi a mensagem publicada na conta de Dilma, abrindo os comentários dela sobre o tema. Dilma criticou formas de exclusões racial e social.

“O passado de escravidão retorna, sempre, como racismo, como tentativa de manter a hierarquia e os valores de uma sociedade superada”, cita a segunda postagem sobre o tema. Em seguida, a presidente menciona: “…sociedade na qual negras e negros ocupam sempre a base da pirâmide social”. Diante desse cenário, Dilma analisou que “é por isso que a exclusão racial e a exclusão social viraram uma coisa só.”

De acordo com o que publicou a presidente no Twitter, “a efetiva igualdade racial apenas será conquistada com políticas afirmativas de promoção de oportunidades para negros e negras”. Em seguida, Dilma disse: “Por isso, promulguei a Lei de Cotas nas universidades”. “Por isso, assinei mensagem ao Congresso encaminhando projeto de lei que reserva 20% das vagas do serviço público federal p/ negros”, citou no microblogue.