Dilma afirma que alguém fez uma declaração falsa de IR em seu nome

Dados enviados são "não apenas falsos, mas claramente fictícios", aponta texto no blog oficial da ex-presidente; "Não foram erros, foram crimes"

São Paulo – A ex-presidente Dilma Rousseff se manifestou na tarde desta terça-feira (30), através de uma publicação em seu site oficial, sobre o caso do seu imposto de renda revelado ontem pelo blog de Lauro Jardim, no jornal O Globo.

Segundo as informações, Dilma foi entregar sua declaração anual de IR há duas semanas quando descobriu que outra declaração já fora enviada em seu nome, no dia 28 de março.

O texto de Dilma questiona como a Receita Federal pode ter aceito uma declaração com dados “não apenas falsos, mas claramente fictícios”, sem dar detalhes sobre este conteúdo.

Outra dúvida levantada é de como a pessoa teria tido acesso ao número do recibo da declaração do IR referente a 2017, necessário para fazer a declaração deste ano.

O texto afirma que só Dilma e um assessor tinham acesso a este número e apontam “forte indício” de que ele tenha sido obtido através de uma entrada ilegal no sistema da Receita.

“Não foram erros, foram crimes. Por isso, os advogados da ex-Presidenta estão tomando e tomarão todas as medidas cabíveis”, diz o texto.

Segundo Lauro Jardim, já há um requerimento de investigação no âmbito da Receita e também será feito um pedido de abertura de inquérito para a Polícia Federal.