Deveria ter saído antes, diz líder do PR sobre demissão de Parente

O líder do PR não respondeu se considera que o presidente Michel Temer nomeará alguém disposto a alterar a política de preços da estatal

Brasília – Liderança do Partido da República (PR), o deputado federal José Rocha afirmou que a saída de Pedro Parente da presidência da Petrobras, divulgada pela empresa na manhã desta sexta-feira (1), aconteceu “tarde”. “Deveria ter saído antes. A política de preços adotada foi errada. Quem for o novo presidente da Petrobras precisa rever isso”, disse Rocha.

“É preciso diminuir os custos da Petrobras, repartir mais os lucros. A população não pode pagar essa conta alta”, completou o deputado.

Questionado sobre o impacto econômico em torno do pedido de demissão após as últimas semanas de greve dos caminhoneiros, Rocha disse acreditar que, com o anúncio do novo presidente, a situação tende a se normalizar, não respondendo se considera que o presidente Michel Temer nomeará alguém disposto a alterar a política de preços da estatal.