Deputados do PMDB do Rio deixam a PF em direção ao IML

Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi seguiram, em três carros diferentes da PF, para o Instituto Médico Legal (IML) e depois vão para o presídio

Rio – Os deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) Jorge Picciani (PMDB), Paulo Melo (PMDB) e Edson Albertassi (PMDB) deixaram a sede da Polícia Federal, na zona portuária do Rio, às 18h30.

Eles seguiram, em três carros diferentes da PF, para o Instituto Médico Legal (IML) e depois vão para o presídio.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) ainda não confirmou se os três irão para presídio de Benfica, na zona norte do Rio, onde estão presos da Lava Jato com nível superior.

A prisão deles deverá ser confirmada ou não pelos deputados da Alerj, em sessão marcada para esta sexta-feira, 17.