Datafolha: Temer até tenta melhorar reputação, mas é reprovado por 70%

Nem Silvio Santos salva avaliação de Temer: apenas 6% dos entrevistados consideram governo como ótimo ou bom

São Paulo – Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (17) mostra que as investidas do presidente Michel Temer (MDB) nos últimos meses para melhorar sua reputação ainda não surtiram efeito: 70% dos brasileiros continuam considerando a gestão do emedebista como ruim ou péssima —  mesmo patamar registrado no fim de janeiro.

Apenas 6% dos entrevistados consideram o governo Temer como ótimo ou bom e 23%, como regular —  dados que também permaneceram estáveis.

Logo, nem a peregrinação do presidente por programas populares, como o do apresentador Silvio Santos, e o foco em segurança pública, com a intervenção federal do Rio de Janeiro, foram suficientes para aplacar a péssima avaliação de seu governo.

Em abril do ano passado, antes dos escândalos envolvendo os áudios dos executivos da JBS, o presidente já acumulava 61% de reprovação – apenas 9% aprovavam seu governo. Em setembro, depois que a Câmara barrou a denúncia contra  Temer, as avaliaçãos negativas ao governo atingiram seu ápice: 73%.

Apesar do prognóstico negativo, Temer aventa a possibilidade de tentar a reeleição. A mesma pesquisa mostra que ele tem apenas 2% das intenções de voto.

A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 11 e 13 de abril de 2018, com 4.194 entrevistados em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.