Datafolha: Nos cenários sem Lula, Bolsonaro lidera com 18% a 20%

No levantamento de dezembro, o deputado somava entre 21% e 22% nos cenários sem o petista

São Paulo – Quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é retirado dos cenários da pesquisa do Instituto Datafolha sobre intenção de voto na corrida presidencial, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) surge como líder absoluto.

Nas quatro simulações desse tipo feitas nos dias 29 e 30 de janeiro, o parlamentar aparece com entre 18% e 20% da preferência do eleitorado.

Em dezembro, Bolsonaro somava entre 21% e 22% nos cenários sem o petista. O levantamento foi divulgado na madrugada desta quarta-feira, 31, pela Folha de S.Paulo.

Na ausência de Lula, os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) aparecem na segunda colocação em dois cenários cada um.

Ciro soma entre 10% e 13% das intenções de voto – em dezembro, tinha entre 12% e 13%. Já Marina foi testada apenas em dois cenários sem Lula, nos quais aparece com 13% e 16% – em dezembro, tinha 16% e 17%.

Nos três cenários em que é testado, Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 8% a 11% das intenções de voto. Luciano Huck (sem partido) tem 8% no cenário em que foi incluído.

Alvaro Dias (Podemos) tem entre 5% e 6%. João Doria (PSDB) e Joaquim Barbosa (sem partido) foram incluídos em apenas uma simulação cada, na qual aparecem com 5% dos votos.

O ex-ministro e ex-governador Jaques Wagner (PT-BA), eventual substituto de Lula na corrida presidencial, caso o ex-presidente fique inelegível, aparece com 2% dos votos em dois cenários.

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro perde para Marina (42% a 32%) e empata tecnicamente com Alckmin (35% a 33%).

VEJA O DESEMPENHO DOS CANDIDATOS NOS CENÁRIOS

Cenário 1
Intenção de voto
Lula (PT) 37%
Jair Bolsonaro (PSC) 16%
Geraldo Alckmin (PSDB) 7%
Ciro Gomes (PDT) 7%
Joaquim Barbosa (Sem partido) 5%
Alvaro Dias (podemos) 4%
Fernando Collor de Mello (PTC) 2%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 0%
Cenário 2
Intenção de voto
Lula (PT) 36%
Jair Bolsonaro (PSC) 18%
Geraldo Alckmin (PSDB) 7%
Ciro Gomes (PDT) 7%
Alvaro Dias (podemos) 4%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 2%
Fernando Collor de Mello (PTC) 2%
Henrique Meirelles (PSD) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 0%
Cenário 3
Intenção de voto
Lula (PT) 34%
Jair Bolsonaro (PSC) 16%
Marina Silva (Rede) 8%
Luciano Huck (Sem partido) 6%
Geraldo Alckmin (PSDB) 6%
Ciro Gomes (PDT) 6%
Alvaro Dias (podemos) 3%
Fernando Collor de Mello (PTC) 1%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 1%
Henrique Meirelles (PSD) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Cenário 4
Intenção de voto
Lula (PT) 35%
Jair Bolsonaro (PSC) 17%
Marina Silva (Rede) 10%%
Ciro Gomes (PDT) 7%
Alvaro Dias (podemos) 4%
João Doria (PSDB) 4%
Fernando Collor de Mello (PTC) 2%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 0%
Cenário 5
Intenção de voto
Jair Bolsonaro (PSC) 19%
Ciro Gomes (PDT) 12%%
Geraldo Alckmin (PSDB) 11%
Alvaro Dias (podemos) 6%
Joaquim Barbosa (Sem partido) 5%
Fernando Collor de Mello (PTC) 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 3%
Jaques Wagner (PT) 2%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 1%
Cenário 6
Intenção de voto
Jair Bolsonaro (PSC) 20%
Ciro Gomes (PDT) 13%
Geraldo Alckmin (PSDB) 11%
Alvaro Dias (podemos) 6%
Fernando Collor de Mello (PTC) 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 3%
Henrique Meirelles (PSD) 2%
Jaques Wagner (PT) 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 1%
Cenário 7
Intenção de voto
Jair Bolsonaro (PSC) 18%
Marina Silva (Rede) 13%
Ciro Gomes (PDT) 10%
Luciano Huck (Sem partido) 8%
Geraldo Alckmin (PSDB) 8%
Alvaro Dias (podemos) 5%
Fernando Collor de Mello (PTC) 2%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 2%
Jaques Wagner (PT) 2%
Henrique Meirelles (PSD) 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
Cenário 8
Intenção de voto
Jair Bolsonaro (PSC) 20%
Marina Silva (Rede) 16%
Ciro Gomes (PDT) 12%
Alvaro Dias (podemos) 6%
João Doria (PSDB) 5%
Fernando Collor de Mello (PTC) 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB) 2%
Jaques Wagner (PT) 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%
João Amoêdo (Partido Novo) 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido) 0%
Cenário 9
Intenção de voto
Lula (PT) 34%
Jair Bolsonaro (PSC) 15%
Marina Silva (Rede) 7%
Geraldo Alckmin (PSDB) 6%
Ciro Gomes (PDT) 6%
Luciano Huck (Sem partido) 5%
Joaquim Barbosa (Sem partido) 3%
Alvaro Dias (podemos) 3%
Fernando Collor de Mello (PTC) 1%
Michel Temer (MDB) 1%
Henrique Meirelles (PSD) 1%

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fernando M C de Mello

    É muito mais ! As perguntas da pesquisa foram muito mal elaboradas e tendenciosas induzindo respostas e mentiras para afastar eleitores do Mito !
    Bolsonaro há muito tempo Lidera com mais de 50% e tudo indica que vencerá no primeiro turno !
    A Data Falha não pode ser considerada como Instituição de Pesquisa Idônea quando não domina a Técnica e a Ciência para fazer isto e manipula as questões com desinformação.
    Na Verdade, chutam números que atendam aos interesses de seus patrocinadores e pelo que temos assistido, estão vivendo das propinas dos Colchões do PT espalhados pelo mundo dos Ditadores, potes de ouro bem guardados porque o TCU informou que eles desviaram mais de 3 TRILHÕES e a Lava Jato só recuperou destes ladrões condenados recursos da ordem de 10 Bilhões.
    Portanto mais de tres TRILHÕES estão em lugar incerto e não sabido que só aos poucos com a evolução dos processo e uma atuação do STF que tem sido extremamente INCOMPETENTE e não julga ninguém, quando a MAIORIA dos BANDIDOS tem Foro Privilegiado e dependeria do STF fazer seu papel #SQN Só que não ! Eles sentam em cima dos projetos, militam contra a Lava Jato mais atrapalham do que ajudam a aplicação da Justiça de fato. Só quando o STF atuar os Potes serão Encontrados aos Montes pelo Mundo !
    Com essa Leniência e Covardia Suprema da Incompetência, a maior parte dos recursos ainda nem foram mapeados !
    O GOVERNO BOLSONARO é QUE VAI TRAZER DE VOLTA TODOS ESTES RECURSOS , RESSARCINDO OS COFRES PÚBLICOS DE ONDE ROUBARAM !
    A LAVA JATO NO GOVERNO BOLSONARO VAI SE IRRADIAR POR TODOS OS ESTADOS DO BRASIL E NO EXTERIOR TAMBÉM LEVANDO TODA ESTA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PARA A CADEIA !
    Não confiem nos Números da Imprensa quando se trata de BOLSONARO !
    Porque a Mamata da Imprensa como Lavanderia de Dinheiro roubado, com seus BÔNUS que retornam para os agentes de publicidade e os membros da ORCRIM, terão as fontes minguadas ou Secas totalmente !
    BOLSONARO dará um viés honesto e radical que permitirá a Policia e a Justiça competente de 1 instância e 2ª com os Tribunais de fazerem um Belo Trabalho de LIMPEZA DA REPUBLICA DOS CORRUPTOS.
    UMA PESSOA QUE CONVIVEU NA COVA DAS RAPOSAS POR 28 ANOS E NÃO SE CORROMPEU É DIGNO DE CONFIANÇA E VENCERÁ !

  2. Marina a petista disfarçada. Marido investigado pela PF e fica fazendo culto evangélico falando de bondade.