Datafolha: Doria tem 52% contra 48% de França; veja resultado de RJ e MG

Cai a margem da liderança de Romeu Zema (Novo) em Minas Gerais e de Wilson Witzel (PSC) no Rio de Janeiro

São Paulo – Uma pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (25) mostra João Doria (PSDB) com 52% dos votos válidos contra 48% de Márcio França (PSB) na disputa para o governo de São Paulo.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Isso significa que eles estão tecnicamente empatados, apesar de ser maior a chance de Doria estar na frente.

Foram ouvidos 2.394 eleitores em 73 municípios paulistas nesta quarta e quinta-feira. A conta exclui brancos, nulos e indecisos.

Nos votos totais, Doria está com 43%, um ponto percentual a menos do que no levantamento divulgado há uma semana, enquanto França manteve seus 40%. 9% dos eleitores pretendem votar branco ou nulo e 8% ainda estão indecisos.

Ambos os candidatos tem o mesmo nível de rejeição: 42%. França vence na capital (60% a 40%) e Doria vence no interior (57% a 43%).

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, Wilson Witzel está com 56% contra 44% do ex-prefeito Eduardo Paes. A conta exclui brancos, nulos e indecisos.

Foram ouvidos 1.481 eleitores entre quarta-feira e quinta e a margem de erro é de três pontos percentuais.

Em votos totais, Witzel foi de 50% para 47% em uma semana enquanto Paes foi de 33% para 37% no mesmo período.

11% pretendem votar branco ou nulo e 6% afirmam estar indecisos. A rejeição de Paes é de 52% contra 39% de Witzel.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) está com 68% contra 32% de Antonio Anastasia (PSDB). Em uma semana, a margem entre eles caiu de 42 para 36 pontos; essa conta exclui brancos, nulos e indecisos.

Nos votos totais, Zema foi de 58% para 56% no período enquanto Anastasia oscilou de 24% para 26%. Brancos e nulos somam 9% e 8% dos eleitores estão indecisos.

O Datafolha ouviu 1.480 pessoas em 73 municípios mineiros entre 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais para cima ou para baixo.