Datafolha: diferença entre Bolsonaro e Haddad caiu de 18 para 12 pontos

Bolsonaro tem 56% dos votos válidos contra 44% de Haddad; em votos totais, disputa é de 48% contra 38%

São Paulo — A nova pesquisa Datafolha, publicada na noite desta quinta-feira (25), mostra Jair Bolsonaro (PSL) com 56% dos votos válidos contra 44% de Fernando Haddad (PT).

Em relação à pesquisa anterior, divulgada há uma semana, a diferença entre os dois caiu de 18 para 12 pontos percentuais.

A conta dos votos válidos exclui nulos, brancos e indecisos. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Nos votos totais, Bolsonaro tem 48% e Haddad tem 38%. Os nulos e brancos somam 8% e os indecisos, 6%.

A pesquisa tem índice de confiança de 95%. O Datafolha entrevistou 9.173 eleitores em 341 cidades entre os dias 24 e 25 de outubro.

A rejeição de Haddad caiu de 54% para 52% em uma semana enquanto a de Bolsonaro foi de 41% para 44%.

O candidato petista ganhou espaço entre os jovens de 16 a 24 anos, grupo onde subiu de 39% para 45% enquanto seu adversário ia de 48% para 42%.

Haddad cresceu oito pontos percentuais entre os mais ricos (renda acima de 10 salários mínimos), porém segue em grande desvantagem neste grupo: 61% contra 32%.

Na ponta dos que ganham menos de dois salários mínimos, a conta se inverte com o petista liderando por 47% contra 37%.

Bolsonaro segue com grande vantagem no eleitorado masculino, com 55% contra 35% de Haddad. Entre as mulheres, há empate técnico: 42% para Bolsonaro e 41% para Haddad.