Cunha nega que tenha sido informado sobre lista da Lava Jato

O presidente da Câmara negou que tenha sido comunicado sobre a possível inclusão de seu nome em lista de políticos envolvidos na Lava Jato

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), negou que tenha sido comunicado sobre a possível inclusão de seu nome da lista dos políticos envolvidos na Operação Lava Jato.

“Ninguém me comunicou de nada”, rebateu o peemedebista.

Parlamentares do PMDB no Congresso revelaram que Cunha e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), receberam a informação pelo vice-presidente da República, Michel Temer. Na semana passada, Temer teve um encontro com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A assessoria de imprensa da vice-Presidência da República nega que Temer tenha passado qualquer informação aos peemedebistas.

Cunha presidiu a sessão deliberativa da Câmara nesta tarde e não tocou no assunto durante os trabalhos. Aos jornalistas, ele disse que estava com a consciência “absolutamente tranquila” e negou apreensão com a iminência da divulgação da lista de Janot. O peemedebista lembrou que foi “vítima de alopragem” há dois meses e que estará sempre pronto para esclarecer novos casos de “alopragem”. “Ninguém está imune a absolutamente nenhum tipo de investigação”, declarou.