CPMI aprova por unanimidade quebra de sigilo de governadores

Com isso, os integrantes da comissão terão acesso aos dados de Agnelo Queiroz e de Marconi Perillo referentes aos últimos dez anos

Brasília – A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira aprovou por unanimidade a quebra dos sigilos bancário, fiscal, telefônico e de mensagens eletrônicas dos governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), e de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Com isso, os integrantes da CPMI terão acesso aos dados dos dois governadores referentes aos últimos dez anos.

A votação oficializou a decisão de Agnelo de abrir mão de seus sigilos, ao depor ontem na CPMI, e de Perillo, que decidiu fazer o mesmo.

Além disso, a comissão vai apreciar hoje (14) outros requerimentos estão na pauta da reunião administrativa da CPMI.

Entre os pedidos estão os que pedem a convocação do ex-presidente da empresa Delta Construções Fernando Cavendish e do ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antônio Pagot.