Corte de 42 bi; férias na JBS…

Corte de 42 bi

O governo federal anunciou um corte de 42,1 bilhões de reais no Orçamento de 2017. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que espera que o valor do corte possa ser reduzido. Na semana passada, o governo anunciou a existência de um rombo de 58,168 bilhões de reais no Orçamento. Esse é o montante que falta para o cumprimento da meta de déficit fiscal, de até 139 bilhões de reais. O governo conta com o impacto do extinção parcial da desoneração da folha de pagamento. A medida, que deve vir por medida provisória, deve gerar 4,8 bilhões de reais em receitas adicionais em 2017 a partir de julho. Em vigor desde 2011, a desoneração da folha atualmente beneficia 56 setores da economia, que pagam 2,5% ou 4,5% do faturamento para a Previdência Social, dependendo do setor, em vez de recolherem 20% da folha de pagamento.

MPE quer cassação de Dilma-Temer

O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e a inelegibilidade da presidente cassada, Dilma Rousseff (PT), segundo fontes que acompanham as investigações. A manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira ao TSE. As informações são da revista VEJA e do jornal O Estado de S. Paulo. O julgamento da ação que apura se a chapa Dilma-Temer cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger em 2014 foi marcado para começar na manhã da próxima terça-feira. O TSE dedicará quatro sessões da semana que vem — duas extraordinárias e duas ordinárias — para se debruçar sobre o caso, que poderá levar à cassação de Temer e à convocação de eleições indiretas. De acordo com o pedido feito pelo MPE, Temer não ficaria inelegível e poderia concorrer numa eleição indireta após a eventual cassação.

Leilão de aeroportos

O governo federal vai avaliar na semana que vem a inclusão de 15 a 20 aeroportos no programa de concessões, estimando poder arrecadar em outorgas de 3,5 bilhões a 4 bilhões de reais, afirmou nesta quarta-feira o secretário de Aviação Civil, Dario Rais Lopes. Segundo ele, os leilões de concessão dos terminais poderão ocorrer entre março e abril de 2018. Entre as possibilidades de concessão em análise estão os aeroportos de Ilhéus (BA), São José dos Campos (SP), Várzea Grande (MT), Sinop (MT), Foz do Iguaçu (PR), Rondonópolis (MT), Alta Floresta (MT). Congonhas e Santos Dumont não farão parte dos estudos.

Doria discute – de novo

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), discutiu com um manifestante nesta quarta-feira. Ele estava em uma cerimônia de entrega de unidades habitacionais no Grajaú, na zona sul de São Paulo. Enquanto Doria discursava, o homem gritava que aquela obra havia sido feita pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e pelo ex-prefeito Fernando Haddad (PT). Com o microfone na mão, Doria se exaltou e pediu ao manifestante que fosse embora. “O golpista é quem rouba o dinheiro público. Golpista é quem rouba o povo. O povo sabe quem é honesto e é decente. Sabe ou não sabe? Vai procurar sua turma em Curitiba. Pessoal, uma salva de palmas para o Brasil”, exclamou o tucano. O manifestante se recusou a sair do local, mas o bate-boca parou. “Eu só vim exercer o que exerço em todo lugar, que é o meu direito de expressão”, explicou.

Medidas mais rigorosas

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, informou nesta quarta-feira que o novo Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA) vai permitir a cassação do registro de frigoríficos que cometerem três infrações classificadas como gravíssimas no período de um ano. Sem o registro, o frigorífico não poderá vender a carne produzida, dentro do Brasil ou no exterior. A mudança no regulamento foi feita com a assinatura de um decreto pelo presidente Michel Temer. Na mesma cerimônia, Temer assinou uma Medida Provisória elevando a multa máxima que pode ser aplicada aos frigoríficos de 15.000 para 500.000 reais. As medidas são adotadas após a Operação Carne Fraca.

Férias na JBS

Afetada pela Operação Carne Fraca, a produtora de alimentos JBS anunciou que vai dar férias coletivas aos funcionários de dez de suas 36 unidades de abate de bovinos no Brasil. As férias terão início na próxima segunda-feira dia 3 de abril por um período de 20 dias. “A medida é necessária em virtude dos embargos temporários impostos à carne brasileira pelos principais países importadores, assim como pela retração nas vendas de carne bovina no mercado interno nos últimos dez dias”, disse a JBS. As unidades da JBS que terão férias coletivas estão localizada nos estados de Mato Grosso (4), Mato Grosso do Sul (3), São Paulo (1), Goiás (1) e Pará (1).

Bezos: o segundo mais rico

O fundador da companhia de tecnologia Amazon, Jeff Bezos, se tornou o segundo homem mais rico do mundo nesta quarta-feira. Bezos acrescentou 1,5 bilhão de dólares a sua fortuna feira com a alta das ações da Amazon. Os papéis subiram 2,1% um dia após a companhia afirmar que tem planos para comprar a varejista online de Dubai Souq.com. A fortuna de Bezos chegou a 75,6 bilhões de dólares, ultrapassando em 700 milhões de dólares a fortuna do investidor Warren Buffett.

Brexit: é dada a largada

Nove meses após um referendo em que 53,4% da população britânica optou por deixar a União Europeia, o Brexit vai finalmente começar. O Reino Unido entregou ao Conselho Europeu uma carta disparando o Artigo 50 da Constituição Europeia, que discorre sobre os parâmetros para que um país saída do bloco. O processo todo deve durar dois anos. Na carta, a premiê Theresa May pediu que as negociações ocorram de forma “construtiva e respeitosa”. O presidente da Comissão Europeia, Donald Tusk, disse querer que o Reino Unido permaneça sendo um “parceiro próximo”, mas voltou a lamentar o Brexit. “Não dá para fingir que hoje é um dia feliz”, disse Tusk.

O salva-vidas da Samsung

A empresa de tecnologia Samsung lançou seu novo modelo de smartphone, o Galaxy S8. Com a novidade, a companhia espera retomar a liderança no mercado de vendas de smartphones perdida para a Apple e recuperar sua imagem após o episódio em que seus celulares Galaxy Note 7 começaram a explodir, no ano passado. Foram lançados dois modelos de S8, com design renovado e as maiores telas já fabricadas pela Samsung — 5,8 e 6,2 polegadas. Os aparelhos chegarão às lojas em 21 de abril, e os preços deverão ficar entre 700 e 850 dólares. O chefe da área de smartphones, D.J. Koh, disse no evento de lançamento que a Samsung precisa ser “ousada” e “aprender com os erros”.