Consulado de Portugal em SP suspende novos pedidos de nacionalidade

Segundo o órgão, que manterá a suspensão até 2 de janeiro do ano que vem, a decisão foi tomada devido ao aumento no número de pedidos

São Paulo — Até 2 de janeiro de 2019, o Consulado Geral de Portugal em São Paulo e o Escritório do Consulado em Santos suspenderam novos pedidos de brasileiros por nacionalidade portuguesa.

Segundo anúncio feito no site do órgão, a decisão foi tomada devido ao aumento no número de pedidos. “Apesar de todos os esforços dos serviços envolvidos, esta demanda crescente acaba por provocar, necessariamente, demoras na capacidade de processamento, análise e conclusão dos novos pedidos apresentados”, diz a nota.

Para aqueles que tiverem urgência no pedido, o Consulado recomenda que o solicitante procure outros órgãos, como uma Conservatória dos Registros Centrais em Portugal. Para isso, é preciso fazer o pedido pessoalmente ou por procuração. Os custos, nessa forma, são mais elevados.

O Consulado Geral de Portugal no Rio de Janeiro continua recebendo pedidos, mas afirmam no site que estão com dificuldades de agendamento.

“O Consulado-Geral de Portugal tem trabalhado diariamente para procurar minimizar os constrangimentos resultantes de uma procura cada vez mais intensa por serviços como Nacionalidade ou pedido/renovação de documentos de identidade”, diz o texto.

Cresce pedido de visto para Portugal

Após seis anos de queda nos pedidos de visto de brasileiros, no ano passado o número voltou a crescer.

De acordo com o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no ano houve uma alta de 5,1% no total de brasileiros vivendo no país.

Eles aparecem mais uma vez como a maior comunidade estrangeira em Portugal, com 85.426 cidadãos.