Congresso parado; Previdência na sexta?…

Na semana

– O presidente Michel Temer viajaria para a Colômbia na segunda-feira para participar da assinatura do acordo de paz entre o governo e as FARC, mas desistiu para se concentrar na agenda de Brasília. Na cidade, o presidente deve se encontrar com executivos da Shell e da Coca-Cola no início da semana e também com aliados políticos.

– A Câmara dos Deputados receberá a 13ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro, um programa que incentiva jovens do país a visitarem Brasília e entenderem o sistema político do país. Com exceção do programa, nada deve acontecer com os parlamentares na última semana antes das eleições municipais, com deputados concentrados em suas bases eleitorais.

– O Senado terá apenas sessões não deliberativas.

Segunda-feira 26

– O Sindicato dos Bancários se reúne para definir próximos passos da paralisação da categoria. São mais de 20 dias em greve. A Fenaban, Federação Nacional dos Bancos, oferece 7% de aumento, mas categoria quer 5% de aumento real, acima da inflação de 10% no período.

– O Metrô e o BRT do Rio de Janeiro ganham integração via RioCard, mediante cadastro ao CPF do usuário. A tarifa integrada é de 7 reais.

– O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comparece a um comício de Jandira Feghali (PCdoB), candidata à prefeitura do Rio. O cantor Chico Buarque, que o acompanhou em Brasília durante a votação do impeachment de Dilma, marca presença no comício de Marcelo Freixo (PSOL). Freixo e Jandira estão tecnicamente empatados na segunda posição na corrida pelo segundo turno na cidade.

Terça-feira 27

– Depois de constantes adiamentos, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal julga a denúncia contra a senadora Glesi Hoffmann e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, pela acusação de receberem 1 milhão de reais de dinheiro com origem no esquema de corrupção na Petrobras para a campanha da petista de 2010.

– O Ministério da Educação vai anunciar as instituições de ensino habilitadas a implantar novos cursos de medicina em 39 cidades em 11 Estados do país. O anúncio é esperado sobretudo pelas redes privadas, que têm nos cursos de medicina um dos principais filões de expansão da rede de alunos e das margens nos próximos anos.

Quarta-feira 28

– O executivo da Andrade Gutierrez, Elton Negrão de Azevedo Júnior, deve prestar depoimento no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais a respeito de um dos processos que pedem a cassação da Chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer na eleição presidencial de 2014.

– O Supremo deve retomar julgamento de processos sobre a obrigatoriedade de o poder público distribuir medicamentos de alto custo que não estão na lista do SUS.

Quinta-feira 29

– Mônica Moura, mulher do marketeiro João Santana, deve prestar depoimento no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia a respeito de um dos processos que pedem a cassação da chapa vitoriosa na eleição presidencial de 2014, formada por Dilma Rousseff e Michel Temer. No mesmo dia, no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, o empresário Cláudio Augusto Mente presta depoimento sobre o mesmo assunto.

– Termina a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, além de ser o último dia para reuniões públicas, comício e a utilização de aparelhagens de sonorização fixa, entre às 8h até a meia-noite. A TV Globo realiza debate para candidatos à prefeitura das principais cidades do país.

Sexta-feira 30

– O presidente Michel Temer deve apresentar proposta de reforma da Previdência. Líderes do governo pressionam para que o assunto só seja tratado depois da eleição.